sexta-feira, 30 de abril de 2010

Brasil coordena comitê técnico ISO de turismo de aventura

As normas brasileiras de turismo de aventura servirão de base para a produção de normas internacionais do setor. No dia 23 de abril, o Brasil foi escolhido para coordenar o trabalho do grupo WG 7 - Turismo de Aventura da ISO, órgão internacional responsável pela padronização e normalização de bens e serviços reconhecido pela Orbanização Mundial do Comércio.

As normas brasileiras, reconhecidas pela ISO, foram criadas em parceria entre o Ministério de Turismo (MTur) e a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Em evento entre os dias 19 e 23 de abril, em Foz do Iguaçú, representantes de 13 países debateram propostas de normalização do setor e da prestação de serviços turísticos. O objetivo foi aperfeiçoar o padrão de qualidade em âmbito internacional.

Atualmente, países diferentes coordenam grupos de trabalho que discutem a normalização de Atividades de Mergulho, Turismo na área de saúde, Postos de Informações Turísticas, Golf, Turismo em Praias e Turismo em Áreas Protegidas.

Normas no setor

A parceria entre o MTur e a ABNT já publicou cerca de 70 normas para o setor, relacionadas a ocupações e competências de pessoas, turismo sustentável e turismo de aventura. Estas normas estão disponíveis para consulta nos sites da ABNT e do Ministério do Turismo.

Veja Também

Nenhum comentário:

Postar um comentário