sexta-feira, 30 de abril de 2010

Cresce índice de uso de energia renovável no Brasil

Dados preliminares do Ben – Balanço Energético Nacional, feito pela EPE – Empresa de Pesquisa Energética, mostraram que, no ano de 2009, as fontes renováveis foram responsáveis por 47,3% de toda a energia consumida no Brasil.

Entre os tipos de energia renovável que apresentaram maior crescimento estão:
– a de cana-de-açúcar, responsável por 18,1% da matriz energética brasileira em 2009;
– a hidráulica, que correspondeu a 15,3% do cenário energético do país no ano passado e
– a de biomassa, responsável por 13,9% da matriz brasileira no período analisado.

De acordo com a EPE, o índice foi o maior registrado desde 1992, quando o uso de lenha e carvão vegetal ainda predominava entre os brasileiros. No entanto, o resultado do Balanço não tem a ver, apenas, com o aumento da preocupação ambiental no país. Segundo a EPE, outros fatores – como a crise econômica, que reduziu a procura por carvão por parte do setor siderúrgico, e o fato de 2009 ter sido um ano hidrologicamente favorável, o que facilita a geração de energia em hidrelétricas – contribuíram significativamente para o crescimento do uso de fontes renováveis de energia.

Independente dos motivos, o fenômeno trouxe melhorias para o país, que de acordo com a EPE apresentou uma diminuição na quantidade de emissões de CO2 relacionadas ao consumo de energia. Em 2009, a empresa registrou 1,43 tonelada de CO2 por Tep – Tonelada equivalente de petróleo, contra 1,48 no ano de 2008.

O Ben, na íntegra, será divulgado pela EPE ainda hoje. Veja a prévia do balanço aqui

Débora Spitzcovsky - 29/04/2010
Planeta Sustentável

Nenhum comentário:

Postar um comentário