sexta-feira, 7 de maio de 2010

MTur ressalta caráter participativo da classificação hoteleira

A classificação é voluntária, mas a adesão e o apoio do setor são fundamentais para a melhoria da qualidade do produto turístico brasileiro

“O Ministério do Turismo (MTur) trabalha para que o novo Sistema de Classificação Hoteleira do país seja efetivo e traduza as expectativas das empresas do setor e do turista.” A frase da coordenadora geral de Serviços Turísticos do MTur, Rosiane Rockenbach, foi dirigida nesta quinta-feira (6) aos participantes da oficina de discussão da matriz de Hotel de Selva, em Manaus (AM).

Ao dar as boas vindas as mais de 50 pessoas presentes à reunião, a coordenadora destacou o caráter “participativo” e democrático do processo de classificação conduzido pelo MTur. Ela lembrou que a classificação é voluntária, mas que a adesão e o apoio das entidades de classes e empresas do setor são fundamentais para a melhoria da qualidade e aumento da competitividade do produto turístico brasileiro.

A presidente da Amazonastur, Oreni Braga, ressaltou que Manaus, cidade-sede da Copa de 2014, já vem adotando medidas para melhorar a qualidade e segurança de sua rede hoteleira. Para ela, a classificação proposta pelo MTur, sobretudo em relação aos hotéis de Selva, se soma a esse esforço. “Quinze novos hotéis estão sendo implantados na cidade. A economia do estado vive um momento excelente”, ressaltou, sinalizando que a capital está preparada para a Copa. A rede hoteleira de Manaus tem 9,6 mil leitos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário