segunda-feira, 17 de maio de 2010

Programa em Costa do Sauípe investe na economia local

Quando empreendimentos turíscos luxuosos são implantados em locais paradisíacos, que antes eram frequentados apenas pela comunidade local, acabam transformando completamente o cenário econômico do lugar e muitas vezes causam danos aos vizinhos. É preciso investimento na economia local para que os antigos habitantes sobrevivam com a concorrência.

Uma parceria entre a Fundação Banco do Brasil e o empreendimento turístico Costa do Sauípe está promovendo o Programa Berimbau, que investimente em metodologias sociais para preservar e minimizar os impactos econômicos na população local de Mata de São João, município onde está localizada Costa do Sauípe.

Metodologias sociais

Entre as metodologias aplicadas está o trabalho da Verdecoop, uma cooperativa que cuida do lixo dos empreendimentos turísticos da região. Além da coleta seletiva, a Verdecoop também trabalha com a transformação de lixo orgânico em composto, e do óleo em sabão.

Outra tecnologia social implantada é a Produção Agroecológica Integrada e Sustentável (Pais), que cuida da produção da agricultura familiar. O programa utiliza insumos de cada propriedade para a melhoria da produção agropecuária, e dispensa o uso de agrotóxicos, queimada e desmatamento.

Até o momento existem 104 unidades de Pais em três municípios litorâneos: Mata de São João, Itanagra e Entre Rios. A produção da cooperativa de Costa do Sauípe, tem aproximadamente 200 participantes, é destinada aos hotéis do local e o excedente é comercializado em feiras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário