terça-feira, 30 de novembro de 2010

Setor hoteleiro pernambucano trabalha quase em sua capacidade total

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), o nível de ocupação dos leitos é maior do que 90%

Reprodução TV Globo
Foto: Reprodução TV Globo
Empresários do setor hoteleiro do estado comemoram: a ocupação de leitos está perto dos 100%. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), tanto movimento é impulsionado pelo turismo de negócios e de lazer.

O setor hoteleiro do estado não tem do que se queixar. A ocupação dos hotéis está perto dos 100%. Tanto movimento é impulsionado pelo turismo de negócios e de lazer. Os hotéis de Pernambuco passam por um momento de excelência.

Hoje, praticamente todos trabalham com um nível de ocupação que supera os 90%. E já é assim há quatro meses.  Para conseguir um lugar, o turista precisa se planejar. Caso contrário, vai ouvir a mesma resposta: “não temos vagas”.

O turismo de negócios responde por boa parte da ocupação dos hotéis de Pernambuco. De acordo com a ABIH, o setor representou quase 200 mil diárias, só no ano passado, e injetou R$ 127 milhões na economia local.

São pessoas que chegam aqui para participar de congressos ou encontros de trabalho. Gente que vem com dinheiro para gastar. Estima-se que eles gastem entre R$ 337 e R$ 370 por dia. Gerente comercial de um hotel em Boa Viagem, Sérgio Paraíso lembra que, depois de alguns anos em queda, Pernambuco está retomando também o posto de grande destino do turismo de lazer. “Turismo de lazer puro está voltando a crescer bastante, principalmente clientes que dividem Recife com Porto de Galinhas e Recife e Noronha”, contou.

Pernambuco tem, hoje, 63 mil leitos em 24 mil apartamentos. Somente o Recife possui 16 mil leitos em 6,8 mil apartamentos. O litoral sul do estado, que tem porto de galinhas como principal destino, oferece 14 mil leitos em 4,5 mil apartamentos. 

Para atender ao crescimento dos hóspedes, a rede hoteleira está se mobilizando para aumentar a oferta de leitos em todo o estado. “Já há uma ampliação, mas precisamos de muito mais investimentos. É o lugar para se fazer hotel”, afirmou o presidente da ABIH-PE, José Otávio Meira Lins.

De acordo com a ABIH, até 2012 Pernambuco deverá ganhar mais 3 mil leitos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário