quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

BNDES apoia com R$ 5,2 milhões restauro da sede da Diocese de Ponta de Pedras, em Belém


O BNDES aprovou apoio financeiro no valor de R$ 5,2 milhões para projeto de restauração da sede da Diocese de Ponta de Pedras, em Belém, no Pará. O objetivo é preservar o edifício e adaptá-lo para a instalação de um hotel-escola, que promoverá capacitação profissional no segmento turístico. O prédio também abrigará um centro de convenções e atividades socioculturais e assistenciais da Diocese.

Para o BNDES, trata-se de uma ação pioneira, de apoio – com recursos não reembolsáveis do Fundo Cultural – a um empreendimento hoteleiro sem fins lucrativos, voltado a formação e capacitação profissional.

O projeto ajudará a fortalecer a vocação turística da região, fornecendo infraestrutura hoteleira e capacitação de mão-de-obra. O hotel-escola, denominado Hotel Quinta de Pedras, terá cerca de 4.500 m2 de área construída e 60 quartos.

O público-alvo do curso de qualificação são os jovens da Ilha do Marajó, território abrangido pela Diocese. O objetivo é auxiliar no desenvolvimento econômico e social da região, apontada pelo IBGE como a área de maior foco de pobreza do Pará. O curso será ministrado em parceria com o Sebrae, que auxiliará em sua elaboração pedagógica.

O edifício a ser restaurado está localizado no Centro Histórico de Belém, uma das maiores referências do patrimônio histórico e arquitetônico colonial do Estado do Pará, e nas proximidades do Mangal das Garças, complexo ambiental destinado ao ecoturismo. O imóvel, protegido no âmbito estadual e municipal, foi construído entre o fim do século XVIII e o início do século XIX.

Durante a execução do restauro do prédio, serão criados aproximadamente 50 empregos. Na gestão de seus espaços físicos, serão gerados 50 empregos diretos e cerca de 100 postos indiretos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário