quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Copa 2014: Hotelaria é dever de casa

Ricardo Santana
Com o caderno de encargos a serem providenciados por Bauru, o comitê local da subsede trabalhará para dotar o município de infraestrutura padrão Fifa para subsedes. O calcanhar de aquiles de Bauru é a rede hoteleira. No projeto apresentado ao Coesp, Bauru indicou previamente o Howard Johnson e Obeid Plaza. Conforme Batata, a exigência é hotelaria de padrão internacional. “Não precisa ser cinco estrelas”, explica. Batata vê na influência do secretário municipal de Planejamento, Rodrigo Riad Said, a mobilização do segmento hoteleiro. “Acredito que através do Rodrigo Said nós consigamos fazer uma discussão com a iniciativa privada para se construir um hotel ou reformar os que já existem. Pode adaptar o que nós temos”, esclarece o secretário de Esportes.

De acordo com Batata, a direção dos dois hotéis já teriam manifestado, caso se confirme Bauru como subsede, o interesse de adaptar seus empreendimentos ao padrão internacional exigido pela Fifa.

Said citou ontem que parte do que for implantado para os JAIs ajudará Bauru como subsede. O secretário do Planejamento comenta que é próximo do empresariado, em especial do segmento hoteleiro. “A gente vai buscar investimentos. E Bauru está sendo assediada por grupos hoteleiros internacionais também, além das bandeiras que já estão instaladas. É isso que acaba atraindo o turista e marcando a cidade com o padrão internacional de hospedagem”, destaca.

as Informações são do JCNet

Nenhum comentário:

Postar um comentário