quarta-feira, 9 de março de 2011

Bahia registra balanço positivo com 100% de ocupação da hotelaria e 250 mil desembarques

Na entrevista coletiva desta quarta-feira, 9, representantes do governo do Estado e da prefeitura de Salvador, responsáveis pela organização do Carnaval, fizeram um balanço positivo da folia. Eles apresentaram os resultados obtidos a partir da infraestutura montada para atender aos turistas e aos foliões locais que lotaram os três circuitos do Carnaval.

Ao fazer seu balanço, o secretário de turismo, Domingos Leonelli, destacou que o trade avaliou este ano como o melhor desde 2006, com 100% de ocupação da rede hoteleira.Os receptivos de turismo náutico também concordam, considerando que de quinta-feira, 03, até terça-feira, 8, os cruzeiros trouxeram para a capital baiana 23 mil turistas. Já a Infraero contabilizou 250 mil desembarques durante a folia momesca.

Leonelli ressaltou que os programas oferecidos aos turistas foram satisfatórios, com mais de 60 mil atendimentos através dos Guias e Monitores, o mesmo ocorreu com o call center e o receptivo de turismo náutico. O secretário de segurança, Maurício Teles Barbosa, disse que o índice de criminalidade no período e no circuito do Carnaval se estabilizou e julga que conseguiram o objetivo do "Carnaval da Paz".
O mesmo ocorreu com a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) cujos números de atendimentos não variaram muito em relação ao ano anterior. A novidade foi a implantação de dois postos para realização do teste rápido de HIV, onde turistas e baianos obtinham o resultado em dez minutos.

Já o secretário de cultura, Albino Rubim, explicou que foram oferecidas outras opções para os foliões como trios independentes, que saíram sem as tradicionais cordas dos blocos, o Palco do Rock e um maior incentivo ao circuito Batatinha, no Pelourinho, que teve a apresentação de 95 artistas durante os seis dias folia, privilegiando a diversidade de ritmos, que seguirá até a próxima sexta-feira, 11, com atrações como o guitarrista Armandinho e a cantora Carla Visi.

O governo do Estado investiu 53 milhões para oferecer infraestrutura adequada para foliões locais e visitantes. Também estiveram presentes à coletiva os secretários municipais, Gilberto José (Saúde) e Oscimar Torres (Serviços públicos).

Nenhum comentário:

Postar um comentário