quarta-feira, 9 de março de 2011

Balanço da temporada revela: aumento de hospedagens e queda nas vendas em SC

Pesquisa realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio-SC) com 549 empresários de Florianópolis e Balneário Camboriú revelou queda no faturamento das empresas de comércio e serviços. Comparando aos dados de 2009, em Florianópolis estes setores registraram queda de 7,8% no faturamento da temporada e em Balneário Camboriú a queda no faturamento do período foi de 9,1%

Apesar das chuvas que provocaram enxurradas e inundações em muitas cidades, o setor hoteleiro teve um incremento nas hospedagens. No levantamento 53,1% dos empresários do setor hoteleiro da Capital e 86,4% dos empresários de Balneário Camboriu afirmaram que as chuvas de janeiro não influenciaram no movimento. Pelo contrário, houve um incremento de 12,81% em Florianópolis e 14,3% em Balneário Camboriu nas hospedagens durante a temporada. “Isso mostra que o comércio deve ser cada vez mais empreendedor e criativo para aproveitar o aumento do fluxo de visitantes na temporada de verão”, destaca Bruno Breithaupt, presidente da Fecomércio.
O levantamento foi realizado entre os dias 14 e 16 de fevereiro em seis segmentos: Hotéis, restaurantes, vestuário, calçados, agências de turismo e locadoras de automóveis, hipermercados.

Turistas gastaram mais
A pesquisa também foi realizada com os visitantes destas cidades. Os resultados indicam que os turistas gastaram mais em 2010 do que em 2009. Comparando os dados, em fevereiro de 2010 o orçamento total das viagens ficou em R$ 2,210 mil em Florianópolis e R$ 2,970 em Camboriú, contra R$ 1 mil 2009, ano em que a crise econômica internacional foi mais sentida.-
“ A maioria destes visitantes pertence à classe ‘C’, que tem se tornado um grande público consumidor devido ao aumento do poder de compra”, explica Bruno Breithaupt.
Os dados foram apurados em vários pontos visitados pelos turistas que freqüentam as cidades. Em Balneário Camboriú, a pesquisa mostrou que os turistas argentinos são maioria. Em Florianópolis, na praia dos Ingleses, 42% vêm do Rio Grande do Sul, enquanto em Canasvieiras e na Lagoa da Conceição, a maioria dos visitantes é argentino, com 50% e 39% respectivamente. Em Jurerê Internacional foram encontrados mais turistas de São Paulo (22%) e Rio Grande do Sul (21%).
Tanto em Florianópolis como em Balneário Camboriú verificou-se alto índice de desejo de retornar por parte dos turistas, com 86% e 97%, respectivamente.

Graziella Itamaro - Barriga Verde

Nenhum comentário:

Postar um comentário