sexta-feira, 15 de abril de 2011

Pestana Rio gasta R$ 18 mi em obra sustentável

O Pestana Rio Atlantica, na Praia de Copacabana, no Rio, iniciou no mês passado obras que prometem mudar a cara do hotel do grupo português, modernizando o empreendimento, mas também transformando a unidade em referência em sustentabilidade. “O objetivo da reforma é dar um grande upgrade e reposicioná-lo como um hotel moderno e contemporâneo, com novos serviços para quem viaja a lazer ou a negócios”, comenta Roberto Rotter, diretor-presidente do Comitê Executivo de Gestão do Grupo Pestana para América do Sul.

A modernização será total, incluíndo também obras de infraestrutura e fachada. As obras terão duração de um ano, sem que seja necessária a paralisação do empreendimento. “Trabalharemos em simultaneidade a reforma e a operação natural do hotel, sendo que teremos um planejamento e medidas para que não haja incômodo a nossos clientes” completa Rotter.

Um dos destaques do projeto é a sua “arquitetura sustentável”, que prevê novos sistemas de iluminação em LEDs, sistemas inteligentes de controle de energia, uso de madeiras certificadas, reuso de água, equipamentos eletrônicos econômicos e menos poluentes – como minibares sem compressor e novos aparelhos de ar condicionado. A assinatura é do arquiteto carioca Jaime Morais, que também assina os projetos do Pestana Convento do Carmo, em Salvador, e Pestana Palace, de Lisboa.



Os apartamentos e suítes serão totalmente renovados, com a mudança de mobiliário, decoração e enxoval, incluindo diferenciais novos televisores de LCD, docks de MP3, aumento das capacidades de internet wireless, substituição dos carpetes por piso anti-alérgico em carpete de madeira. Parte dos quartos passará a ter banheira e todos ganharão cortina de vidro para o quarto. Nas áreas comuns, destaque a modernização do centro de convenções, novo fitness center e spa. O número de vagas de estacionamento também será expandido e a fachada será revitalizada.

A obra do Pestana Rio foi adiada no último ano em função do fechamento de grandes hotéis do parque hoteleiro, que alteraram bastante o volume de demanda da cidade.

http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/hotelaria/pestana-rio-gasta-r$-18-mi-em-obra-sustentavel_67273.html?pesquisa=1

Nenhum comentário:

Postar um comentário