segunda-feira, 6 de junho de 2011

Setor de serviços investe para reduzir custo fixo de energia em Manaus

As redes hoteleiras chamam a atenção dos clientes sobre a importância de reduzir o desperdício. Os novos hotéis possuem sistemas informatizados que ligam e desligam os aposentos quando os hóspedes deixam os recintos.

Manaus - As ações de gerenciamento ambiental no setor de serviços deixam de ser pontuais para tornarem-se parte da cultura das empresas, especialmente no segmento hoteleiro, grande consumidor de água e energia.
As redes hoteleiras chamam a atenção dos clientes sobre a importância de reduzir o desperdício. Os novos hotéis possuem sistemas informatizados que ligam e desligam os aposentos quando os hóspedes deixam os recintos. Na maioria das cadeias hoteleiras, a frequência da lavagem das toalhas de banho também é definida pelos clientes.

E alguns novos projetos já nascem com a planta de construção voltada para o reaproveitamento da água da chuva, como é o caso do Go Inn, inaugurado há um ano no Centro de Manaus, a primeira unidade própria da bandeira Atlântica Hotels, que administra quase 80 empreendimentos no País.

De acordo com o gerente Arilson Freitas, por ser o primeiro da própria rede, o hotel serve de modelo para os novos empreendimentos na redução dos impactos ambientais, como a captação da água da chuva que é reutilizada para a irrigação dos jardins.

O hotel utiliza também a luz solar para o aquecimento da água, processo que reduz o alto consumo de energia elétrica.

A preocupação ambiental também resulta em economia, especialmente em energia, um dos principais custos fixos da hotelaria.

A unidade possui 100% das lâmpadas do tipo LED, que reduzem em 47% o consumo de energia elétrica, em relação aos demais hotéis da mesma categoria da rede, como como o Confort e o Sleep Inn, informa o gerente.

O investimento de R$ 80 mil foi tomado no projeto e enfrentou as dificuldades da falta de lâmpadas no País disponíveis com essa tecnologia, informa o executivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário