quinta-feira, 24 de maio de 2012

GOPPAR, RevPAR, ADR, e agora NRevPAR? que tal apenas lucrar com o negocio?

Todo gerente de receitas tem uma opinião diferente sobre a gestão de receitas que métrica é "melhor", na verdade, há provavelmente tantas opiniões como há gestores de receitas (revenue manager).

Alguns gerentes de receitas preferem ocupação porque mostra quão cheio o hotel é em qualquer noite -, mas olhando para ocupação só ignora o preço pago e a receita obtida em cada quarto, que são, obviamente, também fatores importantes na fixação de preços.

Outros Gestores de receita preferem a Diaria Média ou ADR (Average Daily Rate), pois mostra se o Hotel ganha dinheiro suficiente por cada UH - mas, novamente, uma Diaria Média alta só é boa se o hotel não tem UHs vazias.

Alguns gerentes de receita pensam que o LOPUH ou Lucro Operacional Bruto por UH disponível, em inglês GOPPAR (Gross Operating Profit Per Available Room) é uma maneira muito mais eficaz de medir o sucesso financeiro de um hotel, porque mede os fatores nos custos associados à execução do negócio, e não simplesmente aos lucros - mas então, este apenas torna mais difícil de realmente isolar e comparar números de vendas?


E depois para os outros, RevPAR (receita por quarto disponível - revenue per avaliable room) é o caminho a percorrer, porque é algo que você pode realmente levar ao banco. (tenho uma tendencia a cair nesta escola de pensamento, mas é uma história para outro dia)

E Finalmente a NRevPAR (Net Rooms Revenue per Available Room) ou Receita Liquida por UH disponivel uma nova métrica recentemente inventada por uma empresa de gestão bem conhecida nos hoteis maericanos (vocês sabem quem são!). Esta métrica é similar ao RevPAR, exceto que nele os fatores são das receitas líquidas (o que significa que é responsável por custos de distribuição, custos de transação, impostos e taxas e as comissões das agências de viagens). Eis a questão, se o que estamos tentando medir é a eficiência de uma estratégia de gestão de receitas, as receitas devem ser medidas prioritáriamente com a dedução dos fatores diversos como (acima qual pode-se mudar drasticamente de um canal de vendas para outro). Em suma, NRevPAR remove comparação de "maçãs com maçãs", o que é absolutamente necessário para a medição efetiva da gestão de receitas de qualquer hotel.

No final do dia, porém, será que as métricas importa tanto? Sim, as métricas são uma parte importante do processo de gestão de receitas. Sim, precisamos de métricas para ser capaz de avaliar se um canal, uma iniciativa uma promoção, vende mais UH's do que outros. E, claro, precisamos de métricas para provar para a equipe de gestão estão sendo eficazes. A dura realidade é esta, porém: no final do dia, se você "não está lucrando, métricas nunca compensarão esse fato.

Eis aqui um pensamento maluco: quem se preocupa com as métricas! Vamos apenas focar nos lucros! Afinal de contas é para isto que gestores de receita foram contratados para fazer.

Feche seus olhos e imagine este cenário

Você é o gerente de receitas (ou revenue manager) de um hotel boutique de quatro estrelas, com níveis de ocupação em torno de 65% e DM de R$ 200. Nada mau. Mas todos os mêses você cria relatórios extensos e complicados para mostrar ao seu patrão - o gerente-geral - como sua equipe está trabalhando. Durante a reunião você apresenta o seu tijolo impressionante de relatórios ao gerente geral e ele fica satisfeito com a sua modéstia, mas é claro, ele quer mais.

Agora imagine isto

clique na imagem para ampliar
Você é o mesmo gerente de receitas, trabalhando no mesmo hotel. Você implementou o software de gestão altamente inovadora de receitas que ajuda a otimizar suas taxas no seu canal online, e você está experimentando aumentos substanciais no RevPAR diariamente. Agora, durante as suas reuniões mensais, você mostra ao gerente geral um relatório simples que lhe diz o quanto que você está aumentando suas receitas. Sem o esquema fantástico com gráficos de pizza, sem jargão complicado e definitivamente sem explicações cheias de plumas e paetes a respeito de porque o desempenho não melhorou.

Você acha que o Gerente Geral realmente vai dar falta daqueles enormes relatorios, ou a quase inacabavel discução sobre metricas e calculos?

Obviamente que NÃO, definitivamente Não

Mas ele está comemorando as enormes melhorias que está vendo nas receitas do hotel e tudo por causa de você. Excelente você não acha?

Você pode ser este gerente de receitas (ou revenue manager como preferir).

clique na imagem para ampliar
Você pode fazer seu hotel lucrar mais que você jamais imaginou ser possível. Você só precisa das ferramentas certas e a filosofia correta como orientadores de suas ações. Pense menos sobre métricas e relatórios, e muito mais sobre como lucrar. Sua equipe vai agradecer ... sem cálculos GOPPAR necessário! 




Quer aprender como melhorar seu desempenho, veja os cursos da SN Hotelaria e Aguia Consultoria



Traduzido do hospitalitynet

Um comentário:

  1. Afinal sempre tudo é mais simples do que as pessoas imaginam, o grande problema é que essa simplicidade precisa estar embasada e ir subindo cada um dos passos tem suas peculiaridades, quando vc galga, achando que pode ignorar o anterior invariavelmente está fadado ao erro. Aprenda passo a passo e não procure Milagres.

    ResponderExcluir