segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Investimento em quarto de hoteis

Cezar Nogales
consultor hoteleiro
contato@snhotelaria.com.br
Essa é uma pergunta feita por e-mail ao nosso escritório de Curitiba:


De: Sra X

Os Senhores poderia me aconselhar quanto ao investimento em quartos de hotéis?


De fato o investimento na decoração e mobiliário é bastante simples, a resposta a esta pergunta vai diretamente de encontro à qualidade exigida por seus hospedes.

Veja bem, qualidade é algo que está ligada às necessidades e expectativas dos hospedes com relação ao seu meio de hospedagem e devemos sempre perguntar aos hospedes o que eles realmente desejam e necessitam.

Ponto Numero 1
Qual é o nível de conforto que seu hospede pede?

Colchões
Dependendo de seu cliente, a resposta a esta pergunta em geral é bastante simples, porém complexa, muitos deles podem querer colchões ortopédicos, outros tantos podem querer colchões de molas, outros preferem camas com catre outros preferem camas box (esta ultima opção facilita a decoração)

Travesseiros
A maior dificuldade dos hotéis é o de proporcionar o conforto conforme a qualidade que cada cliente exige, travesseiros de pena de ganso é a pedida para este item, contudo, há aqueles hospedes que preferem travesseiros mais duros e outros tem problemas ortopédicos, portante vale a pena investir e variados tipos de travesseiros e tê-los a disposição nas UH's, logicamente se reservar perguntar o tipo de travesseiro que o hospede prefere com certeza ganhará a confiança dele.

Roupa de cama
100% algodão é a pedida certa, obviamente que os "demônios" que entendem muito de economia e pouco de hospedagem vão te dizer que o lençol misto é a melhor pedida. Não tenha medo da lavanderia, o tecido 100% algodão resiste até 300 lavagens contra 250 dos lençóis mistos quando ficam na paridade de 200 fios. Aumentando a quantidade de fios e obviamente aumentando o conforto, a durabilidade aumenta, tenha sempre em mente que a quantidade de jogos deve ser equivalente à sua operação, o minimo são trés jogos, 1 na cama, outro na governança (ou rouparia) e outro lavando.

Roupa de Banho
O maior conforto que pode se proporcionar nas roupas de banho são que sequem o corpo e tenha toque macio, há hoje tecidos que mesclam algodão com celulose o que melhora este conforto e a secagem é melhor do que a esperada pelo hospede. O ponto principal deste item é o tamanho, ninguém gosta de se enrolar numa toalha curta, prefira toalhas grandes de de alta gramatura, a quantidade de jogos são idênticos aos do lençol.

Troca de Roupas
seja honesto com seu hospede, o custo de lavagem vai direto de encontro com o tipo de hospedagem, se o seu hospede tem o hábito de ficar apenas 1 dia, a troca é obrigatória, porém se o seu hospede permanece mais que 1 dia, a troca diária pode ser reduzida. Americanos e Europeus acham um absurdo a troca diária das roupas, porém, hospedes nacionais exigem que esta troca seja feita, primeiro porque ninguém gosta de se enxugar em toalha molhada e segundo, ninguém gosta de lençóis amarrotados.

Além do custo operacional há o custo financeiro e o custo ambiental das trocas diárias, portanto, pergunte ao seu hospede como ele prefere, muitas vezes você pode se surpreender.

Banho
Hotéis devem fornecer, principalmente Camas Confortáveis e Banhos Gostosos, afinal de contas nossos hospedes tem isso em casa, portanto, banho de chuveiro, mesmo que o hospede tenha isto em casa, não é o que ele espera em um hotel, hoteis por natureza devem ter aquecimento central, primeiramente pelo custo econômico e "segundamente" pelo custo ambiental, mas principalmente porque o banho de Ducha é muito mais confortável que o banho de chuveiro, banhos com ducha o hospede tem o controle da pressão que quer na quantidade térmica que deseja o que os chuveiros elétricos não conseguem proporcionar.

Olho no crivo: há varias marcas e várias qualidade, busque aquele que o hospede possa controlar o tipo de vazão.

Vaso Sanitário
Um aspecto de extrema importância, ninguém gosta de sentar em vaso sanitário e sentir o geladinho na pele, muito menos ter que dar várias descargas (motivos aparte), portanto o conforto neste aspecto é indispensável. se seu hotel está numa região gelada, procure assentos térmicos, há vaso sanitários que tem vários controles inclusive no jato de descarga, este é um investimento que nunca deve ser deixado para trás.

Box
Obviamente que boxes de vidro são mais apresentáveis que boxes de acrílico ou cortinas, além de serem mais higiênicos, contudo, muitos hotéis tem os problemas de sujeira no box porque simplesmente não sabem como limpá-lo. Investimentos com treinamentos que dê resultado ficam economicamente baratos do que trocar os boxes porque sua equipe não sabe como usar o esfregão.

Equipamentos eletrônicos
Secador, televisor e internet nos dias de hoje são como camas e duchas, nos hotéis já são implícitos  logo a qualidade destes equipamentos é de suma importância, com a vinda das novas tecnologias a troca destes equipamentos está sendo realizado a cada 2 anos contra os 10 anos que era feito até o século passado.

Cuidado especial para o sinal WIFI, este sinal deve ser perfeito e completo, todos tem internet em suas casas, logo, se o sinal é fraco nas UH's uma alternativa é proporcionar o cabo de rede, mas isto vai te deixar com cara de hotel antigo.

Secadores de cabelos sempre de parede

Outros equipamentos melhoram o conforto do hóspede e superam as expectativas e estes são: DVD player, plataforma para games (Playstation, X Box, etc.), vaporizador de roupas (para tirar o amassado da mala)

Frigobar
Seus hospedes não consomem no frigobar porque você não coloca produto, e tem mais, geladeiras velhas tem alto consumo energético, pouca refrigeração e pior, fazem muito barulho. Ha no mercado frigobares silenciosos, utilizam processo químico (não consomem energia) e com portas de vidro, isto aumenta a chance de vendas e se tiver variedade de produtos haverá com certeza maior consumo. Nunca se esqueça de não dar ouvidos aos "demonios" que nada entendem de hotelaria.

Ar Condicionado
Ainda na duvida? ar condicionado central é a melhor opção, contudo, ar condicionado tipo spliter é uma alternativa para os "esquecimentos" da engenharia que foi contratado pelo "demo".

Tecnologicamente falando, ar condicionado central pode proporcionar aquecimento e resfriamento para o setor de cozinha, a tecnologia já existe e é funcional, além de reduzir o custo energético.

Decoração
Atenção para este detalhe, profissionais em decoração conseguem reduzir o seu custo com ideias simplesmente práticas, ou aumentar o seu custo operacional com idéias que simplesmente não tem nada haver, o quarto de seu hotel não é uma exposição de arte, contudo deve ser agradável e estar sempre dentro do contexto atual, logo, sua redecoração deve ser realizada anualmente. (simplicidade é o tino)

Passo Número 2
Quais as expectativas geradas?

Qualidade é gerado pelas expectativas criadas nos hospedes e estas estão ligadas a três pontos importantes:

1) Imagem: o que hospedes que já estiveram em seu hotel dizem ?
Respeitar e sempre responder a todos os hospedes que falam de seu hotel, os cometários positivos e principalmente os negativos, demonstram a sua Honestidade perante ao publico, as respostas devem ser em tempo real, sejam eles via formulário de pesquisa ou via internet.

2) Preço: quanto mais caro, maiores serão as exigências, é simples assim

3) Marca: se a sua marca é conhecida, obviamente, as exigências serão maiores do que as dos demais.

Rui Ventura
Consultor Hoteleiro
rui@ruiventura.com.br
Quanto deve investir?
Invista na qualidade da hospitalidade, cada detalhes faz a diferença para o hospede, para seu bolso e para o resultado final do hotel, no frigir dos ovos, nenhum dos equipamentos aqui citados vão se equiparar á qualidade dos serviços prestados e na hospitalidade de sua equipe.

Saiba mais como melhorar o desempenho de seu hotel, contrate um consultor
www.snhotelaria.com.br
www.ruiventura.com.br



Nenhum comentário:

Postar um comentário